5 Passos para Vender Cartão-presente na Minha Empresa

Extremamente populares nos Estados Unidos, os cartões presente (também conhecidos como gift cards) estão, cada vez mais, conquistando seu espaço no Brasil como uma ótima oportunidade para empresas e varejistas.

Um exemplo disso é o restaurante Outback, operado pela Todo Cartões, que tem recebido um enorme retorno desde sua implementação em 2016, com uma ótima aceitação do seu público e se tornando uma referência no mercado.

Por que apostar nos cartões presente?

Os gift cards são uma peça chave para os estabelecimentos que desejam aumentar seu ticket médio, uma vez que clientes (novos ou não) que forem às lojas comprar algo com o cartão presente recebido, tendem a gastar valores além daquele já creditado no cartão.

Falando em clientes, esses cartões são uma ótima oportunidade de fidelizar quem já frequenta seu estabelecimento ao melhorar sua experiência de compra, uma vez que os gift cards flexibilizam as possibilidades de presentear e são extremamente práticos. Com os cartões-presente, você também abre margem para adquirir novos clientes que ainda não conhecem sua empresa, mas que passam a frequentá-la ao ganharem um gift card para a sua loja.

Além disso, uma vez que o cartão presente não é considerado um produto, e sim uma troca de moeda circulante por um título ao portador, não há incidência de ICMS na compra desses gift cards. Também não há cobrança de IOF sobre esses cartões, por não serem considerados cartões de crédito, tornando-se uma solução excelente tanto para varejistas quanto para os consumidores.

Quem já aderiu

A implementação de um gift card para a sua empresa exige um esforço de marketing e operação, e marcas como Outback, Centauro e Havaianas investem fundo em merchandising, mídia online e parcerias com canais corporativos como uma forma de fortalecer e solidificar a presença delas como uma referência em cartões presente no Brasil, mercado esse que está em constante expansão.

Além disso, a experiência de compra é 100% omnichannel. O cliente pode utilizar seu cartão presente em qualquer loja (+400 lojas Havaianas, quase 100 lojas Outback, quase 200 lojas Centauro) ou no e-commerce.

Quais são os primeiros passos para sua empresa

O cartão-presente pode ser uma ótima ferramenta para o aumento de receita, mas como isso se aplica para a sua marca, loja, ou operação? Como já falamos antes, os cartões-presente devem ser são uma solução simples e incrível não somente para os usuários mas também para as empresas. Entenda o que precisa ser considerado antes de embarcar na ideia:

1. O cartão-presente precisa ser encarado como um produto. Sendo assim, precisa ter gestão, orçamento, KPI’S, meta, etc. Muitos projetos acabam naufragando por falta de gerenciamento.

2. Avalie a contratação de um parceiro de tecnologia. O cartão-presente é uma operação financeira/tecnológica na sua essência, envolve necessariamente alterações no processo financeiro, integração com o sistema de frente de caixa, conciliação com ERP, entre outros impactos. Fazer sozinho pode levar com que uma implementação de 3 meses dure mais de um ano, e pode acabar sendo executada com diversos problemas técnicos.

3. Precisa ter um “sponsor” dentro de casa. Mesmo que você opte por contratar um parceiro para a implementação do projeto, é importante ter um responsável dentro da empresa para que seja dado continuidade no negócio. O ideal é que as metas do “sponsor” estejam associadas ao resultado do cartão-presente.

4. A operação de loja tem que ser envolvida. É fundamental que o time de loja esteja embarcado no projeto, pois a experiência do cliente, com exceção do e-commerce, sempre passa pela loja, seja para comprar ou resgatar um cartão-presente. Por isso, é importante ter estratégias para que a operação da loja participe dos ganhos do produto através de comissão, bonificação, ou até mesmo com o próprio cartão-presente.

5. Tenha um budget de marketing para o produto. Considere uma verba para impulsionar as vendas do produto, principalmente por se tratar de algo novo no seu negócio. Divulgação no PDV através de displays, adesivos e totens, no site através de banners ou landing pages, nas redes sociais com vídeo, gifs e imagens, etc são alguns bons exemplos de como trabalhar o marketing do cartão-presente na sua empresa.    

Se esse texto despertou aquela pulguinha atrás da sua orelha e você está pensando em implementar a operação de gift cards e aumentar o faturamento da sua empresa em 3 a 5%, está na hora de você ficar por dentro de tudo que você precisa saber sobre a parte tecnológica desse projeto. Clique aqui e descubra! 

Victoria Baldo

Customer success e marketing da Todo Cartões, assisto nosso cliente na busca dos melhores resultados. Criamos juntos as melhores formas de promover a venda de gift card e lista de presentes, sempre com muito açúcar e afeto - menos no café - esse eu tomo puro.

No Comments Yet

Leave a Reply

Your email address will not be published.